A Mecânica do Coração

Publicado: 01/08/2012 em Livros, Resenhas
Tags:

ImageA Mecânica do Coração parece, a princípio, ser um conto de fadas moderno. É descrito como uma obra romântica em que as paixões e necessidades das pessoas se misturam gerando conflitos morais e amorosos. De fato, o autor consegue manter uma descrição até interessante no início do texto.

A história começa com o nascimento de um bebê rejeitado pela mãe e com um defeito cardíaco que só pode ser consertado com um relógio colocado em seu peito para regular as batidas de seu coração. O problema é que a paixão pode acelerar demais o relógio e as peças não podem suportar. Desse modo, Jack, o protagonista, precisa se cuidar em todos os seus sentimentos para manter-se vivo.

O que parece ser um conto de fadas interessante vai se tornando moroso e torturante no decorrer da leitura. Os personagens se tornam cada vez mais planos e chatos com um tom moralista bastante infantil. A leitura, que a princípio poderia ser como a de um conto leve e acessível, fica lenta com repetição de ideias e fatos a exaustão. Os casos de amor ficam cada vez mais desinteressantes, não sei dizer se pela própria narrativa ou devido aos personagens pouco agradáveis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s