Ordem da Casa Teutônica de Santa Maria de Jerusalém

Publicado: 13/08/2012 em Ordens, RPG, Trevas e Arkanun
Tags:, ,

                Os cavaleiros Teutônicos formavam uma ordem religiosa alemã, formada ainda nos anos de 1190 para atender aos interesses germânicos na Terra santa. Sua origem estava em um hospital dedicado à Virgem Maria, o que até certo ponto os identificava com os hospitalários. A ordem só foi reconhecida em 1199, quando recebeu uma regra e o direito de utilizar o manto branco dos templários, mas com uma cruz negra ao invés da vermelha. A partir desse ponto, a identificação com os hospitalários já havia se perdido. Os Teutônicos formariam uma ordem exclusivamente militar, perdendo as características de atender aos doentes e necessitados.

A sede dos Teutônicos mudou-se da Terra Santa para Veneza depois da queda de Acre, o último reino franco no Oriente. Anos depois, a nova base já seria nas terras germânicas, mais precisamente em Marienburg. Antes disso, a ordem já havia mudado seus principais objetivos. Não seriam mais um grupo de cavaleiros dedicado a proteger a Terra Santa, mas sim guerreiros implacáveis encarregados pelo Papa Gregório IX de converter os infiéis da Prússia. Em 1229, o papa emitira uma bula que entregava aos Teutônicos as terras da Prússia desde que lutassem contra os pagãos naquele território.

A batalha da ordem foi cruel. Milhares de pessoas morreram massacradas pelos constantes ataques. Eram forçadas a se converterem e se tornarem servas no estado teocrático formado pelos cavaleiros. A luta implacável dos Teutônicos contra os pagãos rendeu-lhes a fama de guerreiros cruéis que perdurou durante séculos. Mesmo com a integridade questionada, ninguém nunca duvidou de sua capacidade como guerreiros.

 

Iniciação

 

Os Teutônicos do século XXI podem pertencer a duas facções. Uma é a Ordem Germânica, composta apenas de protestantes, como uma elite de guerreiros que recebe apoio militar secretamente de países como Alemanha, Áustria, Estados Unidos e outros com descendentes germânicos em posições estratégicas ou com a religião protestante em alta influência e alto poder militar. Essa parte da ordem seleciona os mais piedosos soldados dentro das forças militares e os leva a treinamentos especiais e aprendizado espiritual para se tornarem guerreiros e lutarem contra as forças sobrenaturais e, especialmente, contra outras ordens secretas como os Templários e os Hospitalários.

A Ordem Católica tem sua base no sul da Alemanha. Conta com uma fachada aberta à população em geral, com freiras, padres e uma ordem de caridade. Atua muito na Áustria, Itália, República Checa, Bélgica, Eslováquia e Eslovênia. Dentre aqueles que entram para ordem, uma minoria é selecionada para o combate espiritual. Diferente dos Hospitalários, aqui toda a ira e fé é canalizada e convertida em ataques destrutivos.

Ambas as facções dos Teutônicos tem como lema primeira bater e depois perguntar. Eles são uma tropa de choque chamada nos casos de maior perigo para enfrentar o que houver pela frente. Delicadeza é o que menos se espera quando um Teutônico é colocado em ação.

 

Interpretação

 

O Teutônico vive em conflito com as palavras de paz de Christos e suas atitudes cobertas de fúria. Ele se justifica com suas orações e pede perdão, afirmando que suas atitudes são feitas para proteger os fiéis de Christos. Antes ele lutando do que todos precisando cometer os mesmos erros.

Esses cavaleiros caminham com seus símbolos religiosos e possuem feições sérias, poucas vezes se abrindo para o mundo. Relaxam pouco, a não ser quando estão entre amigos mais íntimos. Para eles, sua missão é ser a última linha a ser derrotada. Não podem permitir que os inimigos lhes peguem de surpresa.

 

Relações

 

Os Teutônicos vivem na tentação de sucumbir os impulsos violentos. Os anjos ouvem suas orações e os ajudam a conviver com os horrores de suas batalhas, mas os demônios procuram incentivar essa violência ao máximo, perturbando o caminho dos cavaleiros e os colocando fora do caminho de Christos.

Quase toda ordem inimiga dos Teutônicos teme quando um grupo deles entra em ação. Uma célula teutônica age como uma arma de destruição que arrasa covens inteiros de bruxas, com amigos, aliados, parentes e quaisquer pessoas que estejam no caminho. Atiçar a ira desses cavaleiros é pedir a retribuição máxima da ira divina.

 

Kit

Custos: 4 pts. Aprimoramento, 300 pts. De Perícias

Perícias: Armas Brancas (Espada Longa 20/30, Lança 20/25, Machado 20/20, Adaga 20/20), Esquiva 25%, Heráldica 20%, Intimidação 30%, Montaria 40%, Rastreio 40%, Sobrevivência (floresta temperada 35%). Em Trevas, troque Montaria por duas Armas de Fogo em 20%.

Aprimoramentos: Sentidos Aguçados (escolha um), Contatos 1, Recursos 1

Pontos de Fé: 0 + 1 por nível.

Pontos Heróicos: 4 por nível.

 

Aprimoramentos por Nível:

 

Bônus em Cavalgar: O Teutônico recebe o Bônus indicado na Perícia Cavalgar. Caso seja adaptado para Trevas, recebe metade do bônus indicado em uma Perícia do grupo de Armas de Fogo.

 

Carga!: O cavaleiro pode fazer um ataque em carga com um bônus de +10% no ataque e dano total da arma que empunha. Pode realizar essa carga um número de vezes por ida igual ao indicado na tabela.

 

Combate Montado: O Teutônico recebe o bônus indicado nos testes de ataque enquanto estiver montado. Em Trevas, o templário pode gastar o bônus indicado em uma Perícia do grupo Armas de Fogo.

 

Fúria Inspiradora: A fúria do Teutônico é tão grande que além de intimidar seus inimigos, serve como exemplo na liderança. Ele recebe o bônus indicado em Intimidação e Liderança.

 

Inimigo da Fé: Escolha um inimigo da fé protestante como os sarracenos, pagãos, bruxas ou satanistas. O Teutônico receberá o bônus de porcentagem indicado na tabela nos testes de ataque e nas perícias Intimidar, Lábia e Rastreio ao lidar com esse inimigo. O segundo indicador é o bônus de dano ao atacar tais inimigos.

 

Intimidação: A fúria guerreira dos Teutônicos pode causar uma impressão tão grande nos inimigos que os impede de atacar. Caso seja bem sucedido em um teste de Intimidação, o Teutônico paralisará o adversário durante uma rodada e o deixará desmoralizado durante o restante do combate, diminuindo em 5% seus testes. Pode usar essa habilidade um número de vezes por ida igual ao indicado na tabela.

 

Resistência Furiosa: O Teutônico recebe o bônus indicado na tabela em seu Índice de Proteção quando estiver em combate contra inimigos da fé.

 

Sobrevivência nos Ermos: Os Teutônicos são treinados para sobreviverem nos ambientes inóspitos do norte da Europa, lutando nas florestas e vilas pagãs. Recebe o bônus indicado nas Perícias Sobrevivência e Rastreio.

 

Nível      Aprimoramentos por Nível

1             Sobrevivência nos Ermos +5%, Bônus em Cavalgar +10%, Combate Montado +5%

2             Inimigo da Fé (+5%;+1), Intimidação x1

3             Carga! x1, Resistência Furiosa +1

4             Intimidação x2, Combate Montado +10%

5             Bônus em Cavalgar +20%, Fúria Inspiradora +5%

6             Resistência Furiosa +2, Intimidação x3

7             Carga! x2, Inimigo da Fé (+10%;+2)

8             Combate Montado +15%, Intimidação x4

9             Fúria Inspiradora +10%, Resistência Furiosa +3

10           Inimigo da Fé (+15%;+3), Carga! x3

Anúncios
comentários
  1. Alex Pina disse:

    Vais descrever as ordens templárias no Domini Urbs, Shaftiel?

  2. Shaftiel disse:

    vai haver descrição semelhante para templários e hospitalários. não coloquei para são tiago e outras pq são muito semelhantes e ficariam parecidas demais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s