Vampiros Mitológicos: Marcus Alexandre Lethierry MonteCruz

Publicado: 28/09/2012 em Criaturas, RPG, Trevas e Arkanun
Tags:

Vampiro Strigoi criado em 1642

Personagem do romance Busca por Sangue.

Atributos:

Constituição 16 (25), Força 16 (22),

Destreza 17 (26), Agilidade 17 (26),

Inteligência 31, Força de Vontade 30,

Carisma 30, Percepção 19

# Ataques [3], IP 6 (rituais + pele), PVs 58, Sanguinus 41/3

Espada 80/100 1d10 + 3 (+ 5 na forma vampírica)

Garras 60/70 1d6 + 4

 Perícias Principais: Animais (Montaria 80), Armas Brancas (Espadas 80/100, Facas 60/60, Machado 50/50, Lança 80/70), Armas de Fogo (Rifles 50,Pistolas 60), Briga 60/70, Ciências Proibidas (Oculto 60), Condução (Automóvel 40, Moto 60), Escutar 60, Esportes (Corrida 50), Furtividade 40, Línguas (Espanhol 40, Português 40, Latim 40, Francês 40, Hebraico 30, Inglês 40, Italiano 40), Manipulação (Empatia 60, Intimidação 80, Lábia 90, Liderança 80, Manha 60, Sedução 60), Negociação (Financeira 80, Jurídica 60, Política 80)

 Poderes Vampíricos: Força 2, Constituição 3, Agilidade 3, Destreza 3, Inteligência4, Vontade 3, Carisma 3, Resistência à Dor 3, Controle Mental (1 – Hipnosis, Blenden, Leitura de Auras, 2 – Comandos Complexos, Esquecimento, Atração, 3 – LockVogel, Lealdade ao Mestre, 4 – Idéia Original, Escravo, Controle de Multidões), Garras (1 – Unhas Longas), Ghoul (1 – Sangue Restaurador, Lacaio, 2 – Carniçal, 3 – Etterne), Telecinésia 1, Transformação em Humanos (1 – Humanos), Voar (1 – Saltos, 2 – Patas de Aranha)

Aprimoramentos: Afinidade Tecnológica 1, Contatos e Aliados 5, Corporações 3, Dinheiro 5, Direito e Jurisprudência 3, Regeneração 3, Mídia 3, Segurança Pública 1

 Interpretação: Marcus tem uma personalidade carismática que atrai como um líder íntegro. As pessoas o olham como alguém a ser seguido pelo exmeplo, não pela imposição. Essa aparência de integridade lhe garante abertura para seus jogos de manipulação e serve como escudo para a política excusa dos vampiros.

Ele vive em conflito com a própria alma, sentindo o sangue que corre em seu corpo morto e revivendo as memórias de seu tempo mortal, quando as contradições da vida lhe pareciam menores e passageiras.

É firme ao agir com qualquer pessoa e demonstra os erros alheios pelo exemplo e os torna verdadeiros exemplos do que significa ter sua inimizade. Age com cautela ao criar novos aliados e sabe muito bem a diferença entre aliança, amizade e oportunidade. Nesse caminho tortuso entre tantas linhas tênues, procura significado nos próprios valores, atendo-se aos poucos sentimentos nobres que a vida eterna lhe permitiu reter.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s